24°
Máx
17°
Min

Câmara libera servidores mais cedo por causa de manifestações pró-governo

Todos os servidores da Câmara dos Deputados foram autorizados a sair mais cedo por causa da manifestação pró-governo que acontece nas proximidades do Congresso Nacional, nesta quinta-feira, 31. O texto, enviado pelo diretor-geral da Casa, Romulo Mesquita, "dispensa o ponto" dos funcionários a partir das 17h.

A decisão, segundo Mesquita, é para "facilitar o retorno dos funcionários às suas casas, em decorrência do ato que bloqueará os acesso aos prédios da Câmara". Ainda de acordo com a mensagem, "os servidores que ainda não completaram a sua jornada ordinária terão automaticamente suas horas abonadas".

A Polícia Militar estima que cerca de 10 mil manifestantes participam neste momento do ato chamado Jornada Nacional pela Democracia - Golpe Nunca Mais. O grupo começou a chegar hoje cedo em Brasília, em caravanas vindas de vários Estados.