22°
Máx
14°
Min

Candidato a prefeito de SP, Young minimiza importância do tempo de TV na campanha

O candidato a prefeito de São Paulo, Ricardo Young (Rede Sustentabilidade), minimizou na noite desta quinta-feira, 28, o fato de que terá pouco tempo na publicidade eleitoral gratuita para divulgar a candidatura na TV. Young afirmou que tempo de TV é importante, mas que não é "absolutamente fundamental". De acordo com ele, as pesquisas têm mostrado que uma parcela significativa não assiste mais a TV. "Vamos trabalhar bastante com redes sociais e usar estratégia no horário eleitoral gratuito que permitirá articulação com as mídias sociais", afirmou.

Ao lado da ex-senadora Marina Silva (Rede), Young tornou oficial a sua candidatura a prefeito de São Paulo, em convenção realizada na Câmara Municipal. Carlota Mingolla, também da Rede, será a candidata a vice. O partido não formou aliança com nenhuma outra sigla na capital paulista e, portanto, concorrerá com uma chapa "pura".

Antes da convenção, Marina elogiou o nome de Young para a disputa. "A candidatura do Ricardo é um motivo de satisfação. Ele tem esse DNA do Rede, trabalha há muito tempo com a questão da sustentabilidade. Além disso, o mandato de vereador o credencia a fazer esse trânsito e buscar a eleição para prefeito", afirmou a ex-senadora.

As eleições de 2016 serão as primeiras do partido de Marina, que foi fundado em 2013, mas só teve seu registro autorizado pela Justiça em setembro de 2015. Também é a primeira vez que Young concorre à Prefeitura de São Paulo. Ele está no seu primeiro mandato como vereador, cargo para o qual foi eleito pelo PPS (Partido Popular Socialista), em 2012.