22°
Máx
16°
Min

Candidatos à Prefeitura de Curitiba poderão gastar até R$ 9,5 mi

(Foto: Elza Fiúza/ABr) - Candidatos à Prefeitura de Curitiba poderão gastar até R$ 9,5 mi
(Foto: Elza Fiúza/ABr)

Os candidatos à Prefeitura de Curitiba poderão gastar no máximo R$ 9.571.089,80 durante o primeiro turno das eleições municipais. Eles ainda poderão contratar até 14,1 mil pessoas para trabalhar na campanha.

A informação foi divulgada hoje (20), pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os limites de gastos de campanha para o pleito de 2016 estão previstos na Lei das Eleições e o cálculo atualizado dos valores levou em conta a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No segundo turno, os candidatos a prefeito da capital poderão gastar no máximo R$ 2.871.326,94. O limite para quem concorre ao cargo de vereador de Curitiba é de R$ 465.702,68 e será possível contratar até 3.962 pessoas na campanha.

Curitiba terá o sexto maior limite de gastos do país. A capital do Paraná está atrás apenas de São Paulo (R$ 45,4 mi), Belo Horizonte (R$ 26,6 mi), Rio de Janeiro (R$ 19,8 mi), Salvador (R$ 14,6 mi) e Fortaleza (R$ 12,4 mi).

Paraná

Além de Curitiba, outras quatro cidades paranaenses estão entre os 100 municípios com maior limite de gastos para os candidatos a prefeito no Brasil. São José dos Pinhais, na Região Metropolitana, ocupa a 30ª colocação com R$ 3,6 milhões. Em Maringá (88ª), Londrina (96ª) e Foz do Iguaçu (97ª), o limite de gasto durante a campanha do primeiro turno será de R$ 1,6 milhão.

Limite de gastos na Grande Curitiba

Curitiba
Prefeito: R$ 9,5 mi Vereador: R$465 mil

Almirante Tamandaré

Prefeito: R$ 464 mil Vereador: R$ 28,9 mil

Araucária
Prefeito: R$ 1,1 mi Vereador: R$ 94 mil

Campina Grande do Sul
Prefeito: R$ 362 mil Vereador: R$ 36 mil

Campo Largo
Prefeito: R$ 422 mil Vereador: R$ 36 mil

Campo Magro
Prefeito: R$ 259 mil Vereador: R$ 23 mil

Colombo
Prefeito: R$ 1,2 mi Vereador: R$ 166 mil

Fazenda Rio Grande
Prefeito: R$ 1,1 mi Vereador: R$ 51 mil

Itaperuçu
Prefeito: R$ 180 mil Vereador: R$ 29 mil

Pinhais
Prefeito: R$ 751 mil Vereador: R$ 104 mil

Piraquara
Prefeito: R$ 563 mil Vereador: R$ 31 mil

Quatro Barras
Prefeito: R$ 108 mil Vereador: R$ 10 mil

Rio Branco do Sul
Prefeito: R$ 108 mil Vereador: R$ 21 mil

São José dos Pinhais

Prefeito: R$ 3,6 mi Vereador: R$ 60 mil