26°
Máx
19°
Min

Candidatos começam a projetar segundo turno em Ponta Grossa

Ainda sem colocar de novo as campanhas nas ruas, os dois candidatos à Prefeitura de Ponta Grossa reservaram o dia seguinte à votação para refletir sobre o resultado do primeiro turno e dar início à preparação para a corrida até o dia 30 deste mês, quando será conhecido quem governará o município a partir de 2017.

“Hoje é um dia que eu considero glorioso para o nosso time porque a gente ainda está comemorando uma grande vitória de mais de 84 mil votos no primeiro, é uma votação surpreendente, é muito grande”, destaca o atual prefeito e candidato à reeleição Marcelo Rangel (PPS), que obteve 84.032 votos, o equivalente a 47,68%.

“Saí dessa campanha no primeiro turno com 50 mil votos, garantir o segundo turno para a cidade fazer um bom debate, para mim é de muita alegria e de muita satisfação”, comenta o deputado federal e candidato à Prefeitura de Ponta Grossa Aliel Machado (Rede), que ficou com 49.611 votos, 25,15% do total.

Esse também é o momento de traçar estratégias e nenhum dos concorrentes quer perder tempo. Tanto que eles já têm na ponta da língua como conduzir a campanha no segundo turno.

“Eu vou poder voltar aos bairros para conversar com as famílias, com as crianças, coisa que eu gosto, eu adoro isso na campanha, isso me motiva, eu fico mais feliz, as crianças deixaram nossa campanha mais feliz”, comenta Rangel. “A campanha eleitoral nós vamos usar para fazer propostas, para levar as nossas ideias, para mostrar o nosso plano de governo, mas também para mostrar a verdade”, garante Aliel.

Nesta disputa para saber quem vai ocupar o cargo de prefeito de Ponta Grossa, os dois candidatos com ideologias distintas concordam que, a partir de agora, é o início de uma nova eleição. “As pessoas me confiaram o voto para ir ao segundo turno, estou no segundo turno e agora é 0 a 0, só terá voto os candidatos no dia 30 e até lá temos um grande trabalho pela frente”, pondera o candidato da Rede. “Eu não tenho dúvida de que essas 84 mil pessoas que depositaram confiança em mim vão formar um grande exército, e essas pessoas vão atrás dos outros votos”, completa o concorrente do PPS.

Colaboração Marrara Laurindo / Rede Massa.