28°
Máx
17°
Min

Caso Jucá não vai interferir na aprovação das pautas, diz líder do governo

O líder do governo na Câmara, deputado André Moura (PSC-SE), minimizou o vazamento de áudios do ministro do Planejamento Romero Jucá, nesta segunda-feira, 23. Segundo ele, "a questão de Jucá" não vai interferir na pauta de votações da Casa e o ministro já deu "as devidas explicações" sobre o caso. Há pouco, Jucá anunciou que irá se licenciar do cargo até que o Ministério Público Federal se manifeste.

"O ministro Romero Jucá já fez a coletiva, já deu as explicações cabíveis para o caso, a nossa missão aqui é fazer com que a pauta que foi estabelecida com todos os líderes seja cumprida", disse. O objetivo do líder do governo é "vencer" as duas medidas provisórias que trancam a pauta: a MP 708/15, que autoriza a União a reincorporar trechos da malha rodoviária federal transferidos aos Estados; e a MP 715/16, que destina R$ 316,2 milhões para o pagamento de parcelas do Benefício Garantia-Safra.

Moura também espera que a Comissão Especial que analisa a prorrogação da Desvinculação de Receitas da União (DRU) até 2019 realize ainda hoje uma reunião para votar o parecer final de Laudivio Carvalho (SD-MG) que, se aprovado, irá para o plenário nesta terça pela manhã. Amanhã, no período da tarde, o planejamento do líder do governo é que seja convocada uma sessão no Congresso para votar a meta fiscal.