22°
Máx
17°
Min

Centenas de pessoas se reúnem ao redor da igreja da Candelária contra Temer

Centenas de manifestantes se reuniam ao redor da igreja da Candelária, no centro do Rio, às 18h30 desta sexta-feira, 10, para protestar contra o governo do presidente em exercício, Michel Temer (PMDB). O ato, chamado "Fora Temer - Não ao Golpe", é organizado pela Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Única dos Trabalhadores (CUT), grupo Povo Sem Medo e diversas outras entidades da sociedade civil. Além do Rio, o protesto foi programado também em outras 17 capitais brasileiras.

Representantes de vários movimentos sociais discursaram, criticando iniciativas do governo Temer - como a extinção do Ministério da Cultura, depois recriado - e defendendo a presidente afastada, Dilma Rousseff (PT). Também são alvo do protesto no Rio o deputado federal afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o também deputado Pedro Paulo Carvalho Teixeira (PMDB-RJ), pré-candidato a prefeito do Rio e que, no ano passado, admitiu ter agredido a ex-mulher.

Por volta das 19 horas, os manifestantes planejavam caminhar pela Avenida Rio Branco até a Cinelândia, onde estão programadas "atividades culturais".

A Polícia Militar acompanha o ato, que é pacífico. A instituição não estimou o número de participantes. Organizadores calcularam que cerca de 800 pessoas estão presentes ao ato.