28°
Máx
17°
Min

Centrão vai levar nome de André Moura para líder do governo a Temer

Líderes de 13 partidos do chamado Centrão fecharam questão em torno do nome do deputado André Moura (PSC-SE) para assumir a liderança do governo na Câmara. O grupo, que se autodeclara representante de 300 votos na Casa, vai apresentar o posicionamento para o presidente em exercício Michel Temer em reunião marcada para esta tarde.

A definição do nome do deputado sergipano é uma demonstração de força do ex-presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que mesmo afastado da Câmara conseguiu arregimentar apoio para emplacar seu aliado. O grupo ligado a Temer prefere o nome de Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Participam da reunião que acontece neste início de tarde representantes do PMDB, PR, PHS, PSL, PP, SD, PSD, PTB, PTN, PEN, PRB, PSC e Pros. O DEM, partido de Maia, foi um dos que não encaminharam representante para a reunião. Também não encaminharam o PPS e o PSB, além de PT, PCdoB.

"Acredito que o nome saia ainda hoje", disse o líder do PHS, Givaldo Carimbão (AL), ao sair da reunião.

Após o encontro com Temer, o grupo retorna à Câmara para uma reunião de líderes com o presidente interino Valdir Maranhão (PP-MA), a primeira conduzida por ele, para definição das votações para esta semana.