23°
Máx
12°
Min

Cidade menos populosa do Brasil elege prefeito com menos de 500 votos

Menos de 500 votos foram suficientes para eleger o prefeito da cidade com a menor população do Brasil. Em Serra da Saudade, Minas Gerais, a 266 quilômetros de Belo Horizonte, o candidato Alaor Machado (PP) conseguiu o apoio de 490 eleitores, ou 56,52% dos votos, e assumirá a administração municipal em janeiro. Será o quarto mandato dele à frente da cidade.

Serra da Saudade fica no centro-oeste de Minhas e tem 815 habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2016. Na prefeitura, Machado vai substituir Neusa Maria Ribeira (Prós), que estava no cargo há oito anos. Seu único concorrente era o candidato do PT do B, Derli Donizete, que obteve 377 votos (43,48%).

A cidade também elegeu nove vereadores, número mínimo na composição das Câmaras Municipais, três deles do mesmo partido do prefeito. Os candidatos, no entanto, não precisaram de muitos votos. Com 143, José Wilson (PSC) foi o mais votado. A última cadeira foi ocupada por Carlinho da Teresa (PDT), que recebeu apoio de 60 eleitores.

Em Borá, a segunda cidade menos populosa do País, localizada em São Paulo a 405 km da capital, o candidato do PRB, Wilson, foi eleito após oito anos de administração do PT. Ele recebeu 572 votos (55,8%), contra 453 (44,2%) do concorrente Marcio da Saúde (PSD). Os 1.025 eleitores deste domingo, 2, superam até a população do município projetada pelo IBGE, de 838 habitantes.

Já em, Araguainha, no Mato Grosso, terceiro lugar no ranking de menor população, Silvinho (PSD) foi eleito com 523 votos (58,96%). Ele derrotou nas urnas o candidato do PPS, Chiquinho, que teve 364 votos (41,04%).