26°
Máx
19°
Min

Cinco candidatos disputam o cargo de prefeito em Foz do Iguaçu; saiba quem são

Cinco candidatos disputam a cobiçada cadeira do Executiva em Foz do Iguaçu, nas eleições deste domingo, 2 de outubro. Foz do Iguaçu tem 267 mil habitantes, sendo que 165 mil são eleitores aptos para votar. Como o município não atingiu o mínimo necessário de 200 mil eleitores, não haverá segundo turno.

Conheça os candidatos: 

Chico brasileiro é o candidato do PSD. Aos 50 anos, ele já foi vereador, secretário de saúde e vice-prefeito de Foz. Atualmente, é deputado estadual. O vice é Gessani da Silva, do PP.

Paulo Mac Donald Ghisi, do PDT, entrou novamente na disputa. Aos 67 anos, o engenheiro civil foi vereador de 1989 a 1992. Foi eleito prefeito de Foz em 2005 e reeleito em 2009. Camilo Rorato do PSDB é o candidato a vice. Mac Donald teve a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral. Ele foi condenado por improbidade administrativa e perdeu os direitos políticos por oito anos, mas seu recurso ainda não foi julgado no TSE.

O mais jovem na campanha é Phelipe Mansur, 33 anos. Representante da Rede Sustentabilidade, o empresário tem especialização em Gestão Pública no Exterior. Ele concorre pela primeira vez a um cargo público. O vice é o pmdebista Roberto Apelpaum.

Pelo PSC, o escolhido foi o advogado Sérgio Barros. Ele se candidatou em 1996 a vereador também em Foz do Iguaçu, mas não alcançou votos. Aos 54 anos, decidiu tentar a Prefeitura. O vice é Carlos Osório do mesmo partido.

Tulio bandeira é do PROS. O empresário é presidente da Liga Cultural Árabe no Brasil. Candidatou-se a deputado estadual pelo PRP em 2002 e a governador do estado em 2014 pelo PTC, mas não se elegeu em nenhum dos pleitos. A vice é Andreza Dolatto, do PSL.

Bandeira ficou preso por 10 dias em plena campanha eleitoral. Ele é acusado pela Polícia Civil do Mato Grosso de associação criminosa e extorsão. De acordo com as investigações, ele seria líder de uma quadrilha que invadia e expulsava assentados do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Colaboração: Vinícius Machado/Rede Massa.