22°
Máx
14°
Min

Com vitória em Salvador, ACM Neto se credencia a disputar governo da BA em 2018

As urnas confirmaram o que vinham atestando as pesquisas de opinião, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), 37 anos, foi reeleito na noite deste domingo, 2, com 74% dos votos, renovando o mandato até 2020, tendo como vice o deputado estadual Bruno Reis (PMDB).

Contando com o respaldo de uma ampla aliança formada por 14 partidos, ele derrotou a candidata do governo estadual, a deputada Alice Portugal (PCdoB), que tinha o apoio do PT, mas obteve apenas 15% dos votos. A expectativa é que ACM Neto com essa eleição pavimente uma nova campanha daqui a dois anos para o governo do Estado, embora ele negue o fato, atribuindo a "especulações".

Em terceiro lugar ficou o Pastor Sargento Isidório (PDT) com 8%, em seguida, Cláudio Silva (PP) com 1,5%, Fábio Nogueira (PSOL) com 1%. A vice do atual mandato de Neto, que também lançou candidatura, após romper com o prefeito, Célia Sacramento (PPL), juntamente com o candidato Da Luz (PRTB) ficaram abaixo de 1%.

A gestão de ACM Neto tem elevados índices de aceitação popular, acima de 80%, e foi apontado por pesquisas nacionais como o prefeito mais bem avaliado entre as principais capitais do país.

Talvez por esse motivo a campanha na capital baiana transcorreu em clima de tranquilidade e até em um certo marasmo. Nem mesmo as tradicionais críticas de adversários chegaram a abalar o favoritismo do democrata, que se deu ao luxo de somente participar do último debate promovido por emissoras de televisão, exatamente o da TV Bahia, afiliada da Rede Globo, de propriedade de sua família.