22°
Máx
16°
Min

Começa a votação dos deputados paranaenses

(Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo) - Começa a votação dos deputados paranaenses
(Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

Conforme previsto, a bancada paranaense é a sexta a entrar na votação. Desde o início do processo, em dezembro do ano passado, alguns deputados já se posicionaram em relação ao fato, sendo a maioria a favor da instalação do processo de impeachment.

O Portal Massa News vem acompanhando toda a questão, e adiantou em pesquisa efetuada com todos os parlamentares, qual deve ser o voto de cada um. Se não houver alteração de última hora, os votos devem ser os seguintes:   

Pela ordem alfabética, Alex Canziani – PTB, é o primeiro a ser chamado, e deve votar sim para o impeachment. O mesmo posicionamento deve ser adotado por Alfredo Kaefer – PSL; Christiane Yared – PR; Diego Garcia – PHS; Dilceu Sperafico – PP;; Evandro Roman – PSD; Fernando Francischini – SD; Giacobo – PR; Leandre – PV; Leopoldo Meyer – PSB; Luciano Ducci – PSB; Luiz Carlos Hauly – PSDB; Luiz Nishimori – PR; Marcelo Belinati – PP; Nelson Meurer – PP; Nelson Padovani – PSDB; Osmar Serraglio – PMDB; Paulo Martins – PSDB; Ricardo Barros – PP; Rubens Bueno – PPS; Sandro Alex – PPS; Sergio Souza – PMDB;  Takayama – PSC; Toninho Wandscheer – PROS.

Os parlamentares que se posicionaram contrários são:  Aliel Machado – REDE; Assis do Couto – PDT; Enio Verri – PT; Zeca Dirceu – PT.

E os indecisos, até o último momento, são João Arruda – PMDB e Hermes Parcianello – PMDB;

Colaboração Louise  Fiala e Paula Caroline Schreiber