20°
Máx
14°
Min

Comissão da Câmara vai analisar serviço de iluminação em Londrina

(Foto: Divulgação / CML) - Comissão da Câmara vai analisar serviço de iluminação em Londrina
(Foto: Divulgação / CML)

Na próxima terça-feira (11) o colégio de líderes da Câmara de Vereadores deverá definir os três integrantes da Comissão Especial (CE) aprovada na sessão desta quinta-feira (13) para levantar informações sobre a realidade administrativa e financeira da Sercomtel Iluminação. A formação da comissão foi uma iniciativa do vereador Péricles Deliberador (PSC), motivada pelos inúmeros questionamentos sobre a qualidade dos serviços oferecidos pela empresa à população.

A comissão foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares por meio do requerimento nº 410/2016. Além de Péricles Deliberador, que deverá liderar os trabalhos, o grupo deverá contar com mais dois integrantes, um deles como relator. “Será uma comissão de acompanhamento, que terá 60 dias para conhecer a realidade da empresa e saber por que existe esta demora no atendimento à população. A ideia é que possamos auxiliar a Sercomtel Iluminação a encontrar soluções e a prestar um serviço de ponta, que seja referência para as demais empresas que atuam no mercado”, esclareceu Deliberador.

Projeto de lei

Paralelamente aos trabalhos da comissão já tramita no Legislativo o projeto de lei nº 92/2016, de autoria do vereador Roberto Fú (PDT), propondo a revogação da lei nº 12.194/2014, que delegou à Sercomtel Iluminação Pública a prestação do serviço de iluminação pública no município. De acordo com a proposta, o Poder Executivo, por meio de secretaria e/ou órgão competente assumirá provisoriamente a prestação do serviço até que seja feita licitação na modalidade concorrência pública para a exploração do serviço. Na justificativa do projeto o vereador afirma ser notório que a empresa não vem conseguindo cumprir com os objetivos, prazos e termos estipulados na lei e que o descontentamento da comunidade é geral.

Colaboração Assessoria de Imprensa.