26°
Máx
19°
Min

Comissão de Economia questiona atraso em repasses da previdência

Pedido de informação da Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização questionará a Prefeitura de Curitiba sobre atraso em repasses do Executivo ao fundo previdenciário administrado pelo IPMC (Instituto de Previdência do Município de Curitiba). A decisão de enviar o documento foi tomada nesta terça-feira (8), em reunião do colegiado, após a vereadora Professora Josete (PT) apontar a falta de R$ 117 milhões nos repasses ao IPMC.

“É preciso esclarecer que não se trata da parte patronal, que são os 11% recolhidos na folha de pagamento e os outros 11% pagos pela Prefeitura de Curitiba. Isto está em dia. O que não é pago desde agosto de 2015 é o repasse previsto na lei municipal 12.821/2008, que segundo as leis orçamentárias seria de R$257 milhões no ano passado. De janeiro a julho, só R$ 140 milhões foram pagos”, explicou Josete. O pedido de informação será elaborado pela equipe técnica da comissão.

Colaboração Câmara Municipal de Curitiba.