21°
Máx
17°
Min

Comissão do impeachment no Senado vai ouvir Barbosa e Kátia Abreu

Na segunda sessão da comissão especial do impeachment no Senado, nesta quarta-feira, 27, os senadores analisam convites de especialistas para que participem das sessões de discussão do processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff. Mesmo sob críticas de que o governo não deveria trazer representantes de bancos públicos, os requerimentos foram aprovados por acordo, permitindo que tanto defesa quanto acusação trouxessem seus convidados.

Os governistas conseguiram aprovar o convite dos ministros da Fazenda, Nelson Barbosa, e da Agricultura, Kátia Abreu. Eles participarão da audiência na próxima sexta-feira, 29, junto com um representante do Banco do Brasil, que é o operador do Plano Safra. No mesmo dia, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, fará a defesa da presidente.

Antes disso, na quinta-feira, 28, os autores do pedido de impeachment, Janaína Paschoal e Miguel Reale Jr., farão a apresentação dos argumentos da acusação. Na próxima semana, dois dias serão dedicados à fala de especialistas em direito e economia, indicados tanto pela defesa quanto pela acusação.

Confira o calendário de audiências da comissão:

28/04 - Apresentação dos denunciantes: Miguel Reale Jr. e Janaína Paschoal

29/04 - Apresentação da defesa da presidente: José Eduardo Cardozo (AGU), Kátia Abreu (Agricultura), Nelson Barbosa (Fazenda) e representante do Banco do Brasil

02/05 - Especialistas da acusação: Júlio Marcelo de Oliveira (TCU), Carlos Velloso (ex-ministro do STF) e José Maurício Conti (USP)

03/05 - Especialistas da defesa: Geraldo Luiz Mascarenhas Prado (UFRJ), Ricardo Lodi Ribeiro (UFRJ) e Marcello Lavenère (ex-presidente da OAB)