23°
Máx
12°
Min

Conselho da GRU Airport afasta conselheiro citado na Operação Greenfield

A GRU Airport, controladora da Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos, da Invepar, informa o afastamento temporário do conselheiro Carlos Augusto Borges no âmbito da Operação Greenfield, da Polícia Federal, deflagrada na semana passada.

A informação vem em resposta a questionamento da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre o motivo pelo qual a companhia não divulgou fato relevante sobre decisão do Tribunal Regional Federal da Primeira Região estabelecendo medidas

cautelares ao membro do conselho - citado no ofício como "administrador da companhia".

A empresa justifica que tomou conhecimento pela mídia da decisão judicial cautelar, "não tendo sido, até o momento, formalmente intimada". Entretanto, diz que o conselho de administração decidiu no mesmo dia, 5 de setembro, reconhecer o impedimento temporário de Borges para o exercício da sua função de conselheiro. "A Companhia entende que o afastamento imediato do referido conselheiro é medida suficiente à preservação, neste momento, dos interesses da Companhia e de seus stakeholders".