24°
Máx
17°
Min

CURITIBA ABANDONADA: Em ano eleitoral, Prefeitura entrega 267% mais obras em junho

Entre as obras entregues, e que foram alvo de críticas, está a iluminação de pistas de caminhada  - Foto: Divulgação/Facebook - CURITIBA ABANDONADA: Em ano eleitoral, mais 267% em obras
Entre as obras entregues, e que foram alvo de críticas, está a iluminação de pistas de caminhada - Foto: Divulgação/Facebook

Desde o dia 1º de julho, políticos que exerçam função pública em cargos eletivos, não podem fazer propaganda institucional no rádio e na televisão, e desde 2 de julho, estão impedidos de inaugurar obras, contratar ou demitir sem justa causa e nomear cargos em comissão, por exemplo. Isso acontece porque 2016 é um ano eleitoral. A Lei Eleitoral é clara e a maioria dos políticos a segue com rigor, temendo as possíveis consequências, mas isso não impede, que mesmo dentro do período legal, a promoção pessoal ou a entrega de obras seja efetuada. Não é raro, que em anos eleitorais, as inaugurações de obras dentro do período legal, aumentem. É quase estratégico, e com isso, o mês de junho é quase sempre de ‘agenda cheia’.

Um levantamento publicado pelo Blog do Fernando Rodrigues, na Folha de São Paulo, apontou que em cinco capitais brasileiras, o aumento na quantidade de inaugurações de obras públicas no mês de junho deste ano, mais do que dobrou no comparativo com o mesmo período de 2015. Os dados do Blog foram levantados diretamente nos portais de notícias das prefeituras, que levou em conta as cinco maiores capitais em que os prefeitos são pré-candidatos à reeleição em outubro. E, entre elas, está a de Prefeitura de Curitiba.

Ainda segundo o Blog, os números das inaugurações da Prefeitura de Curitiba, apontaram que apenas no mês de junho de 2016, ou seja, em 30 dias, foram 11 obras inauguradas. Nos 30 dias do mês de junho de 2015, fora do período pré-eleitoral, no entanto, foram 4 inaugurações de obras, o que representa um aumento de 267% na quantidade de obras inauguradas.

A pesquisa da Folha não especifica que tipo de obras forma entregues. A reportagem do Portal Massa News, solicitou à assessoria de comunicação da Prefeitura de Curitiba, um levantamento com dados exatos da quantidade de obras inauguradas entre janeiro e junho de 2015 e no mesmo período de 2016. A assessoria afirma que está levantando os dados, no entanto, já se vão mais de 10 dias da solicitação oficial e nenhum retorno foi dado.

Uma olhada rápida no site pessoal do prefeito Gustavo Fruet, apontou, no entanto, que entre as obras deste ano estão: pista de caminhada com iluminação; parques e bosques. Nas redes sociais, algumas dessas obras foram ‘criticadas’ pelos curitibanos. “Isto é bom prefeito, porém gostaríamos de ver mais postos de saúde, mais creches, mais ruas e calçadas descentes, isto também é importante e não só lazer, até porque se a cidade não tiver saúde e educação, aproveitar o lazer é que não faremos não é mesmo??!!”, questionou uma internauta.

Colaboração Folha de São Paulo