28°
Máx
17°
Min

Deputado Silvio Costa diz que está no Senado pelo "voto para o futuro"

Um dos mais ferrenhos defensores do arquivamento do processo de impeachment na Câmara, que aprovou o prosseguimento do pedido no dia 17 de abril, o deputado Silvio Costa (PSC-PE) circula nesta quarta-feira, 11, pelo plenário do Senado à caça de senadores.

Convencido de que a votação de hoje resultará na aceitação da abertura do processo e consequente afastamento de Dilma, Costa disse que está tentando arregimentar votos para a votação do mérito, que deve acontecer em até 180 dias. Ele brincou com o nome do documento elaborado pelo PMDB para dar diretrizes na macroeconomia num eventual governo Temer: "O PMDB não tem sua Ponte para o Futuro? Eu trabalho com o voto para o futuro".

Senadores tanto da base aliada quanto da oposição dão como certo o afastamento da petista, com votação estimada entre 54 a 56 votos a favor. A pesquisa de "boca de urna" informal feita pelo Estadão antes da sessão registra mais votos a favor do que o Placar do Impeachment do Grupo Estado, em que 50 senadores declaram ser favoráveis ao processo de impeachment. Nas contas do senador Romero Jucá (PMDB-RR), os votos contra Dilma serão 56. Para o processo ser aberto é necessário maioria simples dos senadores presentes.