22°
Máx
16°
Min

Dólar tem forte alta e Bolsa cai com chance de Lula virar ministro

(Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula) - Dólar tem forte alta e Bolsa cai com chance de Lula virar ministro
(Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula)

O dólar tem forte alta ante o real nesta terça-feira, refletindo a reação do investidor à possibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aceitar virar ministro no governo de Dilma Rousseff, e em linha também com o exterior. Lá fora, o dólar sobe ante moedas emergentes e ligadas a commodities um dia antes da decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos). As commodities têm queda acentuada e contribuem para a aversão a risco global.  

Às 11h40, o dólar à vista no balcão subia 1,50%, a R$ 3,7024, após bater a máxima de R$ 3,7344 (+2,38%).  No mercado de ações, o Ibovespa chegou a cair mais de 3% e, no mesmo horário, recuava 2,09%, aos 47.846 pontos.

Segundo fontes, a ida de Lula é quase certa, provavelmente para a Secretaria de Governo, que seria reformulada para dar ao ex-presidente poderes de interlocução com o Congresso e movimentos sociais. Os papéis do Banco do Brasil e da Petrobrás estavam entre os mais afetados, com quedas que chegaram a dois dígitos.

Por volta das 11h40, Petrobrás PN perdia 6,49% e Petrobras ON 5,14%, influenciadas ainda pela queda dos preços do petróleo. Já o Banco do Brasil ON perdia 9,91%. Usiminas PNA recuava 8,11%. Vale também recuava: PNA -1,75% e ON -1,64%, pressionada pela queda de 6,8% do minério de ferro hoje.

Também pesa negativamente no câmbio a notícia de que o governo começa a avaliar o uso de reservas internacionais para abater a dívida pública federal. Embora a presidente Dilma descarte uma guinada na política econômica, como quer a cúpula do PT, a possível entrada de Lula na equipe provocará mudanças nessa seara.