22°
Máx
16°
Min

Duarte Nogueira e Ricardo Silva vão ao 2º turno em Ribeirão Preto

O deputado federal Duarte Nogueira (PSDB) e o vereador Ricardo Silva (PDT) disputarão o segundo turno da eleição em Ribeirão Preto (SP). No primeiro turno, Nogueira obteve 100.462 votos, ou 39,86% dos válidos, e Silva 70.215 votos, com 27,86%. Em terceiro lugar ficou João Gandini (PSB), com 36.512 votos, ou 14,49%.

Na cidade do interior paulista, o conservadorismo prevaleceu, já que ambos são filhos de políticos tradicionais. Silva, que busca seu primeiro mandato, é filho de Rafael Silva (PDT), deputado estadual no quarto mandato e vereador duas vezes em Ribeirão Preto. Nogueira, apesar de ter sido deputado estadual, secretário estadual e estar em seu segundo mandato como deputado federal, disputa a prefeitura pela quarta vez e tenta o mesmo cargo que seu pai, Antonio Duarte Nogueira, ocupou por duas vezes, entre 1969 e 1973 e entre 1977 e 1983.

Silva e Nogueira trocaram ataques durante todo o primeiro turno na eleição local, cujo cenário político foi marcado pela Operação Sevandija deflagrada pelo Ministério Público e pela Polícia Federal. Citado na operação, o vereador foi atacado pelos adversários, principalmente pelo tucano, que tinha mais tempo no horário político eleitoral. No contra-ataque, Silva lembrou que Nogueira foi citado na Operação Alba Branca, que investiga o desvio na merenda no Estado de São Paulo. Ambos negaram as acusações.

Silva, Nogueira e Gandini foram seguidos por Alexandre Souza (PTdoB), com 15.089 votos (5,99%); Rodrigo Camargo, com 9.817 votos (3,89%); Professor Edmur (PV), 6.150 votos (2,44%); Doutor Hermenegildo (PSOL), com 5.776 votos (2,29%); Wagner Rodrigues (PC do B) com 5.498 votos (2,18%) e Fábio Zan (Rede), com 2.528 votos (1%).