26°
Máx
19°
Min

Durante julgamento de Dilma, PMDB diz que sempre esteve ao lado do Brasil

Desde que começou o julgamento do processo de impeachment de Dilma Rousseff no Senado, o PMDB, partido do presidente em exercício, Michel Temer, está promovendo uma campanha nas redes sociais com o tema "Sempre que o País precisou, o PMDB esteve ao lado do Brasil".

Desde o dia 25, quando começou a sessão no Senado para julgar a presidente afastada, quatro imagens foram publicados no Twitter e no Facebook com esse texto como tema. A primeira publicação afirma que o MDB, antigo nome do partido, cumpriu a missão de liderar a oposição no parlamento no período da ditadura militar. A foto em preto e branco, que recebe o título de "Movimento pela democracia", mostra Ulysses Guimarães e Tancredo Neves andando na rua, na frente de três policiais armados, acompanhados de cães na coleira.

A segunda imagem da campanha, colocada na sexta-feira, 26, destaca o comício das Diretas Já no Largo da Prefeitura de Porto Alegre (RS), em 1984. Outra foto, no dia 27, destaca a eleição de Tancredo Neves em 1985, destacando uma fala do político: "Não há Pátria onde falta democracia."

A última imagem usada pelo PMDB para afirmar que "sempre esteve ao lado do Brasil" foi publicada no domingo e lembra a Constituinte de 1988. "Mais um passo em direção à democracia que vivemos hoje é dado", diz o texto que legenda a foto, em referência ao momento histórico da época.