22°
Máx
17°
Min

Em discurso na ONU, Temer elogia programas sociais da era petista

Os programas sociais do Brasil foram mencionados pelo presidente da República, Michel Temer, em seu discurso na Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira, 20. Os programas foram citados como exemplos de proteção de segmentos mais vulneráveis da população.

"Nosso olhar deve voltar-se, também, para as minorias e outros segmentos mais vulneráveis de nossas sociedades. É o que temos feito no Brasil, com programas de transferência de renda e de acesso à habitação e à educação, inclusive por meio do financiamento a estudantes de famílias pobres. Ou com a defesa da igualdade de gênero, prevista na nossa Constituição. Cumpre garantir o direito de todos", afirmou o peemedebista sobre iniciativas dos governos petistas do ex-presidentes da República Luiz Inácio Lula da Silva e de Dilma Rousseff.

Temer defendeu o exercício dos direitos humanos e lamentou o fato de que eles são desrespeitados diariamente em várias partes do mundo. "Perseguições, prisões políticas e outras arbitrariedades ainda são recorrentes em muitos quadrantes", afirmou. "A plena fruição dos direitos humanos permanece uma aspiração inalcançada no mundo. Cada ser humano tem o direito de viver livremente, conforme suas crenças e convicções."