21°
Máx
17°
Min

Em meio à crise, governo traça estratégia para tentar melhorar imagem no exterior

Em meio ao agravamento da crise política, a presidente Dilma Rousseff escalou seus principais ministros para tentar mudar a imagem do Brasil internacionalmente. Com a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Casa Civil e a reação dos protestos contrários a presidente Dilma, o governo brasileiro começou a ganhar espaço no noticiário internacional.

A "romaria" de autoridades brasileiras dando entrevistas para jornalistas estrangeiros começou nesta terça, 22, com o ministro da Advocacia-Geral da União, Jose Eduardo Cardozo, que recebeu membros da imprensa internacional em São Paulo. Nesta quarta, 23, o agora ministro da chefia de gabinete da Presidência, Jaques Wagner, dará entrevista a um grupo de correspondentes estrangeiros, no Itamaraty, no Rio de Janeiro.

A própria Dilma estuda atender jornalistas estrangeiros, mas a decisão não foi tomada. A ideia era justamente aproveitar a justificativa da viagem aos Estados Unidos, marcada para o fim da semana que vem, para atender a imprensa de fora.