22°
Máx
14°
Min

Em nota, Pezão agradece a Dilma e pede a Temer ações para País superar crise

O governador licenciado do Estado do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), divulgou nota nesta quinta-feira, 12, manifestando apoio à presidente afastada Dilma Rousseff. Pezão, que está licenciado para tratar um câncer linfático, agradeceu o apoio de Dilma ao Rio e tratou-a como "uma pessoa digna e honrada".

"É um momento muito difícil para o Brasil. O governo do Rio manterá as relações institucionais com o governo federal, na figura do presidente em exercício, Michel Temer, para que, juntos, possamos criar propostas para que o País e o Estado superem a crise econômica. Aproveito a oportunidade para manifestar o meu carinho à presidenta Dilma, uma pessoa digna e honrada, e também agradecer o apoio e a ajuda que ela sempre deu ao Estado do Rio de Janeiro", disse em nota.

Aliado fiel, Pezão manifestou apoio a Dilma desde o início do processo de impeachment. No dia 18 de abril, ele lamentou "profundamente" a decisão da Câmara de Deputados de aprovar a admissibilidade do processo contra ela. "Não cabe a mim contestar o resultado da votação na Câmara, mas posso dizer que lamento profundamente a decisão, que representa um atraso à democracia do nosso País. Sempre me posicionei publicamente contrário ao impeachment da presidenta Dilma, que considero uma pessoa digna e honrada. Não acredito que seja esse o mecanismo mais adequado para ajudar o Brasil a vencer a crise e avançar como uma nação melhor. A presidenta Dilma foi eleita pelo voto democrático e isso deve ser respeitado", disse, por nota.

Pezão está licenciado desde 28 de março. O cargo está ocupado pelo vice-governador Francisco Dornelles (PP). Pezão continuará licenciado até o dia 30 de julho.