22°
Máx
17°
Min

Em SP, mudança iria favorecer PSDB e PT

Caso a proposta que barra coligações para eleições proporcionais já estivesse valendo neste ano, PSDB e PT seriam os maiores ganhadores. Os dois partidos teriam conseguido eleger dois vereadores a mais cada, chegando a 13 e 11 cadeiras, respectivamente - ou seja, quase metade do total de 55 vagas na Câmara ficaria na mão dessas duas siglas.

O maior perdedor seria o PR, que se coligou com o PT nessas eleições e, graças em parte à alta votação obtida por Eduardo Suplicy (PT), conseguiu eleger dois vereadores a mais do que se tivesse concorrido sozinho.