27°
Máx
13°
Min

Erundina e Doria se encontram em passeata no Centro de São Paulo

A campanha pela Prefeitura Municipal de São Paulo começou nesta terça-feira, 16, com uma cena inusitada: o candidato do PSDB, João Doria, e a candidata do PSOL, Luiza Erundina, marcaram passeatas no mesmo local e no mesmo horário. O tucano começou com uma passeata na Sé, e, ao ser informado de que a candidata estava nas proximidades, desviou a rota pela rua à direita rumo à Praça da Sé. Os dois grupos, porém, acabaram se encontrando na Praça do Patriarca e cruzaram juntos o Viaduto do Chá até o Teatro Municipal.

O encontro foi marcado por provocações de ambas as partes. Enquanto militantes tucanos gritavam "mensalão" e diziam que Erundina ainda é petista, partidários do PSOL faziam coro pedindo que Doria permita a participação da candidata nos debates na TV. Pelas novas regras, podem participar dos debates na TV apenas candidatos de partidos que tenham pelo menos nove deputados em suas bancadas.

Caso essa exigência não seja cumprida, a participação fica condicionada a um acordo entre os demais candidatos. Celso Russomanno (PRB) e o prefeito Fernando Haddad (PT) disseram publicamente que aceitam a participação da deputada do PSOL. Já a senadora Marta Suplicy (PMDB) e Doria se opõem.

Em entrevista aos jornalistas, Erundina cobrou do tucano que permita a participação dela. O empresário começou sua campanha nesta terça às 6 horas em uma obra na Barra Funda.