27°
Máx
13°
Min

Ex-Previ, Sérgio Rosa deixa a PF no Rio após prestar depoimento

Sérgio Ricardo da Silva Rosa, ex-presidente da Previ, fundo de pensão dos trabalhadores do Banco do Brasil prestou depoimento na manhã desta terça-feira, 6, na Superintendência Regional da Polícia Federal no Rio de Janeiro. O depoimento do executivo durou quase quatro horas, mas ele não quis comentar o teor das perguntas.

Rosa chegou à PF por volta das 10h da manhã e saiu às 13h45. Questionado sobre o depoimento, o executivo indicou que não poderia comentar pois as investigações correm sob segredo de Justiça. Ele indicou também que não há uma nova data para depoimento.

Sérgio Rosa foi alvo de condução coercitiva dentro da Operação Greenfield, deflagrada nesta segunda-feira (5), com o objetivo de combater fraudes e corrupção em investimentos dos quatro maiores fundos de pensão federal do País: Previ, Funcef (Caixa), Petros (Petrobras) e Postalis (Correios).