23°
Máx
12°
Min

Faltam doze votos no Senado para os 54 que podem definir impeachment da presidente Dilma Rousseff

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado - Faltam 12 votos no Senado para os 54 que podem definir impeachment
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O Placar do Impeachment no Senado permanece com 42 votos a favor da abertura de processo por crime de responsabilidade contra a presidente Dilma Rousseff e 17 votos contra a instauração do processo na Casa. Dos 81 senadores, há, ainda, 9 que se posicionaram como indecisos e 13 que não quiseram responder à reportagem.

Se a Câmara dos Deputados aprovar o relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO) favorável ao pedido de impeachment – a votação no plenário da Câmara está prevista para o próximo domingo -, o processo segue para análise no Senado.

Para que o impeachment seja admitido e aberto no Senado, são necessários 41 votos (maioria simples) – portanto, já haveria quórum suficiente para a instauração do processo na Casa e a presidente seria afastada pelo prazo máximo de 180 dias até ser julgada pelo Senado. O vice-presidente Michel Temer passaria a exercer a Presidência durante esse período.

Já para a destituição da presidente da República do cargo seria necessário o apoio de dois terços da Casa (54 senadores).