27°
Máx
13°
Min

FNL invade fazenda do Estado e faz protesto em rodovia

Integrantes da Frente Nacional de Lutas Campo e Cidade (FNL) interditaram nesta segunda-feira, 4, parte da rodovia Gladys Bernardes Minhoto (SP-129), em Itapetininga, interior paulista. O trecho interrompido com uma barricada de madeira e pneus fica em frente a uma unidade de pesquisa e desenvolvimento da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo invadida pelo grupo no domingo, 3. O movimento dirigido por José Rainha Junior reivindica a fazenda para assentamento de sem-terra.

A Polícia Rodoviária Estadual e o Corpo de Bombeiros negociaram a liberação da estrada. Às 12 horas, a pista foi liberada. A Frente alega que a área de 139 hectares foi considerada "inservível" pelo governo estadual e incluída no Projeto de Lei 238/16, enviado à Assembleia Legislativa pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), dispondo sobre a venda de 79 propriedades do Estado para fazer caixa. De acordo com Rainha Junior, as áreas rurais públicas não utilizadas devem ser destinadas à reforma agrária.

A Secretaria informou ter acionado a Procuradoria do Estado para mover ação de reintegração de posse contra os invasores. De acordo com a pasta, no local são realizadas pesquisas com ovinos e desenvolvidas tecnologias para a integração de pecuária, lavoura e floresta. Na fazenda funcionava a antiga Escola Técnica Agrícola do Estado.