22°
Máx
16°
Min

Fruet na hora do espanto

(Foto: Divulgação) - Fruet na hora do espanto
(Foto: Divulgação)

Aconteceu o que todos esperavam. Candidatos à beira de um ataque de nervos, pressionados pelos baixos índices em pesquisas, tentam massacrar o adversário. O prefeito Gustavo Fruet (PDT) usou outra vez a revista Veja para tentar desequilibrar as eleições de Curitiba. Em 2012, uma matéria requentada, sem fontes, foi usada para desconstruir o então prefeito Luciano Ducci (PSB) com algum resultado. Agora voltaram à tona, batendo no candidato Rafael Greca (PMN) requentando a história da aposentadoria no Ippuc.

Em agosto, o braço direito de Gustavo Fruet, o secretário de Governo, Ricardo Mac Donald, criou um factoide dizendo que iria contestar a aposentadoria de Greca. Distribuiu notas para os jornalistas e para os blogs alinhados. Mas a tática ruiu após Greca mostrar que o mesmo MacDonald, que o atacava, tinha assinado o seu pedido de aposentadoria. E, na época, o secretário de Fruet não contestou a documentação de Greca.

Agora, quando as pesquisas internas das campanhas apontam grande vantagem para Greca, o desespero bate. E de novo, usam a mesma tática de 2012. A revista Veja passa a disseminar os factoides de Fruet e Mac Donald. Mas desta vez, o ódio não funcionou.

Informações Fábio Campana