26°
Máx
19°
Min

Governo publica exoneração de vice-presidente da Caixa que cuidava do FI-FGTS

(Foto: Divulgação) - Governo publica exoneração de vice-presidente da Caixa
(Foto: Divulgação)

O Ministério da Fazenda formalizou a exoneração de Marcos Roberto Vasconcelos do cargo de vice-presidente da Caixa. Vasconcelos era titular da área de Gestão de Ativos de Terceiros, responsável, entre outras ações, pela administração do fundo que usa parte dos recursos do FGTS para investimentos em infraestrutura, o FI-FGTS. A exoneração, "a pedido", de Vasconcelos está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 9, e tem efeito a partir de 26 de julho.

Conforme o jornal O Estado de S. Paulo já informou, em julho, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, quer resguardar um quarto das vice-presidências da Caixa para manter o controle sobre as áreas que considera o "coração" do banco público.

Em vez de nomes indicados por partidos políticos, Meirelles quer pôr na Caixa executivos de fora que já trabalharam em instituições privadas - nas áreas de Finanças, Riscos e também Gestão de Ativos de Terceiros. Desde julho, Flávio Eduardo Arakaki, que é empregado da empresa há anos, comanda essa vice-presidência como interino.

Finep

O Diário Oficial desta sexta ainda traz mudanças na Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Para presidir a instituição, foi nomeado Marcos Cintra Cavalcanti de Albuquerque, no lugar de Wanderley de Souza. Também foram trocados outros três diretores da Finep.

Ainda na pasta da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, foi exonerado Marcelo Soares Lubaszewski da presidência do Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec). Para comandar o órgão, em substituição a Lubaszewski, entrou Paulo de Tarso Mendes Luna.