24°
Máx
17°
Min

Guimarães: Temos mais de 200 votos para impedir impeachment

O líder do Governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), apresentou neste domingo, 17, um levantamento sobre o impeachment da presidente Dilma Rousseff e afirmou que o Palácio do Planalto tem votos suficientes para arquivar o processo neste domingo. "Não temos menos que 200 votos no plenário", disse.

Depois de informações de que parlamentares do PP e outros partidos teriam decidido votar a favor do impeachment, Guimarães disse estar "seguro" com votos do PP e do PR e "muito seguro" com os do PDT. "Falei com a presidente e ela está animada, Lula está aqui em Brasília. Todo mundo está otimista", afirmou, ressaltando que muito trabalho será feito pelo governo nas próximas horas. Ele não deu detalhes sobre a atuação de Dilma e Lula e sobre onde os dois vão acompanhar os votos.

O líder do governo disse ainda que está preparado para atuar caso alguma manobra regimental seja feita em plenário. "Qualquer manobra regimental que acontecer no plenário vamos responder à altura", afirmou.

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) disse estar sabendo de manobras que podem ser feitas pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na ordem de votação. Segundo ela, estaria nos planos de Cunha permitir a segunda chamada para deputados que perderam a vez apenas enquanto estiver na vez do Estado do parlamentar, e não a qualquer momento da sessão.