21°
Máx
17°
Min

Há preocupação que grupos criminosos continuem financiando campanhas, diz Mendes

Em palestra no 7º Congresso Brasileiro de Pesquisa, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes criticou a proliferação desenfreada de novos partidos no País. Na sua avaliação, este modelo distorcido corrompe o próprio sistema partidário e a democracia.

No evento, que se realiza na capital paulista, o ministro teceu comentários sobre a reforma política e disse que o próprio Ministério Público mostrou preocupação que grupos criminosos continuem financiando campanhas no País.

"Isso porque não fizemos a reforma política necessária, pervertemos o sistema, comprometendo a governabilidade. Temos que fazer a reforma do sistema político, fazendo o conserto do avião em pleno voo", destacou.

De acordo com o ministro, a reforma política tem que caminhar. "Temos um enorme desafio pela frente, que tenhamos força pra superar, essa reforma se tornou a mãe de todas as reformas." Mendes disse que esse cenário leva o governo a ter que negociar com muitos partidos, sobretudo os nanicos, numa crítica ao cenário que se vê hoje no País.