22°
Máx
17°
Min

Haddad faz críticas a Dória e se diz confiante sobre segundo turno

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), candidato à reeleição, voltou a criticar na manhã deste sábado proposta do candidato do PSDB, João Dória, para a área da saúde. Segundo Haddad, o "Corujão da Saúde", citado ontem pelo tucano em debate entre candidatos à Prefeitura na Rede TV, "é uma afronta aos Direitos Humanos". A proposta de Dória atenderia a população carente durante a madrugada.

Haddad acrescentou que os eleitores precisam ficar atentos para saber separar as candidatas Marta Suplicy (PMDB) e Luíza Erundina (Psol), ex-integrantes do PT, do partido e da gestão dele. "Marta se juntou ao Temer e muitas pessoas não tem ideia disso. A Erundina já esteve do meu lado e não está mais. Marta e Erundina têm apenas uma marca: a minha gestão 10."

O prefeito de São Paulo disse que quer fazer uma campanha sem ataques e com propostas. Segundo ele, os outros candidatos não têm ideias novas. "A ordem é para que o povo acompanhe o horário eleitoral e veja que os outros não têm propostas", afirmou Haddad, após participar de caminhada em Heliópolis, zona sul de São Paulo, com candidato a vereador Buiu.

Haddad disse ainda que chegar ao segundo turno não será uma tarefa fácil. Mas reforçou estar confiante de que chegará lá.