26°
Máx
19°
Min

Homenagens e utilidade pública são aprovadas na Câmara

(Foto: CMC) - Quatro projetos aprovados na sessão de hoje
(Foto: CMC)

Cinco projetos integravam a pauta de votação da sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Curitiba, na manhã desta segunda-feira (22). O primeiro deles, que autoriza a taxa parcelada para regularização de imóveis, teve retirado o requerimento de urgência pelo autor do projeto, e desta forma, não entrou em discussão e a proposta foi retirada de pauta.

Os demais projetos seguiram. O nome de Professora Regina Pegoraro Sponholz a um logradouro público foi aprovado em segundo turno, por 27 votos sim. A homenageada morreu em 2003.

Também em segunda votação, foi aprovado com 28 votos, foi aprovado o título de Utilidade Pública para a Associação Brasileira de Canoagem (Abracan).

Em primeira votação, o Projeto que pretende tornar de Utilidade Pública a Associação para a Solidariedade dos Haitianos no Brasil, foi aprovado. Conforme o autor do projeto, apenas em Curitiba são cerca de 5 mil haitianos.

Também em primeira votação, o quarto projeto da pauta, que quer denominar um logradouro público de “Mestre Zito”, foi aprovado pelo plenário. Mestre Zito, foi lutador de muay thai e representou Curitiba e o Brasil em competições fora do país.

Colaboração Câmara de Vereadores