22°
Máx
14°
Min

Ibope mostra Doria no 2º turno e adversário ainda indefinido

A última pesquisa Ibope/Estado/TV Globo sobre a eleição para a Prefeitura de São Paulo indica 35% dos votos válidos para João Doria (PSDB), o que deve lhe garantir lugar no segundo turno. A segunda vaga, porém, segue aberta. Há empate técnico entre o candidato do PRB, Celso Russomanno (23%), e sua adversária do PMDB, Marta Suplicy (19%) - e entre ela e o candidato à reeleição pelo PT, Fernando Haddad (15%). A margem de erro é de três pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Há empate técnico na disputa pelo segundo lugar porque, no limite, Russomanno poderia ter entre 20% e 26%, enquanto Marta poderia ter entre 16% e 22%. Do mesmo modo, Haddad poderia ter até 18%. As intersecções entre os limites de voto dos candidatos é que caracterizam o empate técnico.

Desde quarta-feira, segundo o Ibope, Doria oscilou de 32% para 35% dos votos válidos. Ao mesmo tempo, Russomanno manteve a tendência de queda e foi de 25% para 23%. Marta, que havia caído no começo da semana, oscilou positivamente de 18% para 19%. Haddad, que vinha em trajetória ascendente, continuou com 15%. Luiza Erundina (PSOL) foi de 6% para 5% dos votos válidos. A soma dos outros candidatos continua dando 3%.

Os resultados da pesquisa estão apresentados aqui em proporção dos votos válidos (aqueles dados exclusivamente aos candidatos) para facilitar a comparação com o que for apurado na urna, porque é assim que a Justiça Eleitoral apresenta os resultados.

Considerando-se a porcentagem sobre o total de votos (incluindo-se, portanto, os votos em branco e os nulos), as taxas dos primeiros colocados são menores: Doria (30%), Russomanno (20%), Marta (16%), Haddad (13%), Erundina (5%). Segundo o Ibope, ainda há 3% de eleitores indecisos ou que não quiseram responder e outros 10% que declararam intenção de votar em branco ou anular.

O Ibope ouviu 1.204 eleitores entre os dias 29 de setembro e 1º de outubro. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral. O levantamento foi contratado por Globo Comunicação e Participações S/A e por S/A O Estado de S.Paulo. O registro no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo foi feito sob o protocolo SP-00873/2016.