27°
Máx
13°
Min

Impugnação ronda campanha de Paulo Mac Donald

Foto: Fábio Campana - Impugnação ronda campanha de Mac Donald
Foto: Fábio Campana

Nem bem a campanha começou em Foz do Iguaçu e o ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi (PDT) ainda enfrenta a suspeição se será candidato até o fim das eleições em 2 de outubro.

Mac Donald já tem três pedidos de impugnação protocolados até esta quinta-feira (25) na Justiça Eleitoral. A partir de agora, Mac Donald tem sete dias para apresentar sua defesa nos pedidos que serão analisados pelo Ministério Público por cinco dias após este prazo.

A Justiça Eleitoral terá que julgar os pedidos até 12 de setembro. O ex-prefeito deverá ser declarado “Ficha Suja”, uma vez que já tem duas condenações por colegiado em segunda instância.

Numa das condenações, o juiz federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lens, do TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) anotou, em seu despacho, que Mac Donald “tinha a máxima obrigação de zelar pelo trato da coisa pública, merecendo ser alijado de qualquer contato com o Poder Público”.

A sentença, proferida em meados de 2015, deixou o ex-prefeito inelegível por oito anos. Este processo foi movido pelo Tribunal de Justiça do Paraná.

Mac Donald também é alvo de pelo menos 56 ações movidas pelo Ministério Público do Estado – 16 nas varas criminais e 40 nas varas cíveis. Nestas últimas, se for condenado, terá que devolver mais de R$ 60 milhões aos cofres públicos.

Leia a matéria completa na coluna do Fábio Campana.