28°
Máx
17°
Min

Índio da Costa acredita que vai ao segundo turno com Crivella

Em ascensão nos levantamentos de intenção de voto para a prefeitura do Rio, o candidato do PSD, Índio da Costa, disse, na manhã deste domingo, que acredita que disputará o segundo turno das eleições municipais contra o líder das pesquisas, Marcelo Crivella (PRB). "Nosso potencial no segundo turno é enorme. Dá para ganhar de 65% a 35% ou de 70% a 30%. Essa união dele com a família Garotinho é bem complicada, porque reforça uma marca que na capital do Rio de Janeiro tem o seu eleitor, mas está longe de ser a maioria. É um nicho", disse Índio em entrevista à rádio CBN. Ele votou numa seção na PUC-Rio, acompanhado de seu candidato a vice, Hugo Leal.

Na mais recente pesquisa Ibope, divulgada ontem, Crivella aparece com 38% dos votos válidos. Em seguida, vêm Marcelo Freixo (PSOL), com 14%; Pedro Paulo (PMDB), com 11%; Flávio Bolsonaro (PSC), com 10%; e Índio da Costa, com 10%. Os votos válidos excluem os nulos e brancos e também os eleitores que se declararam ainda indecisos.

O Ibope também fez cinco simulações para o segundo turno, e elas mostraram que Índio da Costa é o que teria mais chances na corrida contra Crivella. Teria 27% das intenções de voto, contra 45% de Crivella. Com Freixo, o cenário seria 47% contra 25%; com Bolsonaro, 48% contra 21%; e com Jandira Feghali (PCdoB), 49% contra 21%. A última pesquisa Datafolha, divulgada também ontem, mostrou que Índio da Costa registrou elevação de 7% para 11% das intenções de voto.