22°
Máx
14°
Min

Jucá diz que é melhor Jaques Wagner propor renúncia de Dilma e não de Temer

O presidente do PMDB, senador Romero Jucá (RR), rebateu críticas que a presidente Dilma Rousseff e o ministro-chefe do Gabinete Pessoal da Presidência, Jaques Wagner, fizeram ao vice-presidente Michel Temer. Segundo o senador, a atitude dos governistas é "apelação" e "perda de equilíbrio".

"Se o ministro Wagner tiver que propor a renúncia de alguém, o melhor para o Brasil seria que ele propusesse a renúncia da presidente Dilma. Não sei se ele vai conseguir convencê-la", ironizou Jucá sobre a proposta do ministro de que Temer renunciasse à vice-presidência após a votação do impeachment no domingo, caso o governo consiga conter o afastamento da presidente.

O presidente do PMDB também rebateu as críticas da presidente, que acusou Michel Temer de traição e de tramar uma farsa. "Os erros e crimes do governo, que levaram ao processo de impeachment, não foram feitos por ninguém de fora do governo. Ninguém fez com que o governo fizesse tudo que fez", alegou. Segundo ele, a presidente deve procurar pessoas que atrapalharam o governo dentro do seu próprio governo.

Para Jucá, a presidente está tentando reduzir o processo de impeachment a um golpe, mas deveria fazer uma análise das próprias limitações do governo.