22°
Máx
17°
Min

Jucá nega que dará prioridade a projeto de abuso de autoridade

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) divulgou nota nesta sexta-feira, 1, na qual nega que dará prioridade ao projeto que trata do abuso de autoridade. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou ontem que a proposta deveria ser votada em plenário nas próximas duas semanas. O projeto é de 2009 e atende a muitas reclamações feitas por parlamentares contra a operação Lava Jato.

"A Comissão de Regulamentação não irá tratar deste assunto nem no primeiro semestre nem a partir de agosto, quando os trabalhos do Senado serão retomados. Jucá reitera, na nota, todo apoio à "operação Lava Jato e à celeridade nas investigações." O senador, que é um dos principais aliados de Temer, é o presidente da comissão onde tramita a proposta.

Para Jucá, o projeto não deve ser analisado no decurso da Operação Lava Jato. "Qualquer ação no sentido de rever direitos de autoridades não pode ser feita no andamento de uma operação desta magnitude", afirmou.