21°
Máx
17°
Min

Juiz manda retirar sem-terra da fazenda de ex-assessor de Temer

A Justiça determinou a desocupação da Fazenda Esmeralda, em Duartina, interior de São Paulo, invadida na segunda-feira, 23 por 300 sem-terra, integrantes da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL). A liminar foi dada em ação de reintegração de posse proposta pelo dono da fazenda, o ex-coronel da Polícia Militar João Baptista Lima Filho, amigo e ex-assessor do presidente em exercício Michel Temer (PMDB). O juiz Luis Augusto da Silva Campoy, da Vara Única de Duartina, determinou a saída imediata dos invasores e autorizou uso de força policial se houver resistência.

Lideranças da FNL informaram que ainda nesta terça-feira, 24, os sem-terra deixam a propriedade. A mesma fazenda havia sido invadida no dia 9 de maio por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Para o MST, haviam indícios de que Temer seria sócio oculto da propriedade, já que ele costumava visitar o local.

A assessoria de Temer negou que ele possuísse propriedades rurais. De acordo com a FNL, a nova ocupação teve como objetivo denunciar "o abandono das causas sociais por parte dos governantes" e exigir a "imediata devolução do Ministério do Desenvolvimento Agrário à classe campesina brasileira".