28°
Máx
17°
Min

Lava Jato faz nova denúncia contra Marcelo Odebrecht, Vaccari e João Santana

(Foto: Carolina Gabardo Bello / Massa News) - Lava Jato faz nova denúncia contra Marcelo Odebrecht, Vaccari e João Santana
(Foto: Carolina Gabardo Bello / Massa News)

A força-tarefa da Lava Jato apresenta na tarde desta quinta-feira, 28, novas denúncias contra os investigados na megaoperação de combate à corrupção na Petrobras, e que avançou para outras áreas do governo federal. Na lista de denunciados, composta por 17 pessoas, aparecem o ex-presidente do grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, e o marqueteiro João Santana.

Estas são as primeiras acusações formais feitas pela força-tarefa da Lava Jato desde que a investigação avançou sobre o "departamento de propinas" da Odebrecht e sobre o ex-senador Gim Argello (PTB), preso preventivamente sob suspeita de receber R$ 5,3 milhões para evitar a convocação de empreiteiros nas CPIs que investigaram a Petrobras no Senado e no Congresso em 2014.

Além dos três nomes citados, a lista de denunciados, dividida em dois grupos, é composta por: Zwi Skornicki, Pedro Barusco, Renato Duque, João Carlos de Medeiros Ferraz e Eduardo Costa Vaz Musa, em uma das denúncias; e Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho, Luiz Eduardo da Rocha Soares, Fernando Migliaccio da Silva, Maria Lucia Guimarães Tavares, Angela Palmeira Ferreira, Isaias Ubiraci Chaves Santos, Livio Rodrigues Junior e Marcelo Rodrigues, na segunda denúncia. A mulher de Santana, Monica Moura, aparece nas duas listas, assim como seu marido e Vaccari.

Até hoje a operação já havia apresentado 37 denúncias contra 179 pessoas acusadas de crimes como corrupção, lavagem de dinheiro, formação de organização criminosa, tráfico de drogas, crimes contra o sistema financeiro, dentre outros.