26°
Máx
19°
Min

Letícia Sabatella diz a Dilma ser de oposição, mas ataca 'tomada de poder'

Em discurso no evento de artistas e intelectuais contrários ao impeachment de Dilma Rousseff, a atriz Letícia Sabatella se dirigiu à presidente afirmando que era de "oposição ao seu governo". "E digo isso porque vivo em um Estado que pretende ser democrático", afirmou.

Letícia, que estava sentada ao lado de Dilma no evento, afirmou, porém, que há um "plano maquiavélico de tomada de poder na marra" e emendou: "estando aqui como oposição, não tem como reconhecer a ascensão social da população."

Os discursos tiveram um reforço até mesmo do astro americano de cinema Danny Glover. Em um vídeo, ele afirmou que Dilma não está sozinha, porque é apoiada por pessoas de todo o mundo que "lutam por democracia". Em português, ele repetiu o bordão dos que são contra o impeachment "Não vai ter golpe".

Em um curto pronunciamento, a cantora Beth Carvalho também fez uma defesa emocionada da presidente. "É o amor que faz a presidente Dilma levantar todos os dias de cabeça erguida e lutar por um Brasil mais justo. Só poderia ser uma guerrilheira", disse a cantora. O evento que reúne artistas e intelectuais ocorre no Palácio do Planalto.