22°
Máx
14°
Min

Lula diz que PT precisa levantar a cabeça e se dispõe a rodar o País

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira, 4, em discurso a petistas e apoiadores, na sede do PT em São Paulo, que esperava aposentar após a Presidência, mas, diante dos fatos, está disposto a rodar o País a convite de movimentos populares. "Quem quiser acertar um discursinho do Lula, é só acertar a passagem de avião", afirmou.

Ele disse que descobriu, agora, que nem tudo está acabado, como pensou que estivesse, e disse que o PT precisa levantar a cabeça. O ex-presidente afirmou que a natureza é implacável com pessoas de sua idade (70 anos), mas não descartou uma candidatura presidencial em 2018.

Em discurso emotivo, o ex-presidente pediu desculpas à sua esposa Marisa Letícia e aos filhos pelo constrangimento pelo qual sua família está passando. Lula disse que está sendo vítima de preconceito e lembrou sua origem humilde e das dificuldades até chegar a Presidência.

Após a fala do ex-presidente Lula, centenas de militantes do lado de fora da sede do PT gritaram "Lula, guerreiro do povo brasileiro" e "Ole, ole, olá, Lula Lula". Também houve gritos de "Não vai ter golpe" e de "Partido, partido, é dos trabalhadores".

Muitos acompanhavam pelos celulares a fala do presidente, transmitida ao vivo pelas redes de TV. Os militantes olhava pra cima na esperança de ver Lula acenar na janela e agitavam bandeiras do partido.

A deputada do PCdoB Jandira Feghali chegou por volta das 15h30 à sede do Diretório nacional do PT. Na entrada, se uniu rapidamente aos gritos dos manifestantes levantando o punho.