27°
Máx
13°
Min

Lula evita imprensa durante visita a governador do Rio

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou na tarde desta segunda-feira, 11, o governador licenciado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), internado no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, na zona sul do Rio. A visita durou cerca de 45 minutos, e Lula entrou e saiu sem falar com a imprensa.

Por volta das 15 horas, uma mulher que visitava um paciente internado no Pró-Cardíaco saiu do prédio e disse aos repórteres que todos os elevadores haviam sido travados devido à visita de alguma personalidade. Em seguida se soube que Lula havia chegado e entrado no prédio por uma porta lateral, situada na rua Paulo Barreto - a entrada principal do hospital fica na rua General Polidoro. A comitiva do ex-presidente era formada por dois carros pretos e dois seguranças - ex-presidentes têm direito a esse serviço.

Por volta das 15h45, os carros entraram no subsolo do hospital. Lula ingressou em um dos veículos e a comitiva foi embora. Até as 16 horas as assessorias de Lula e de Pezão não haviam se manifestado sobre o teor da conversa que ambos mantiveram.

Lula está no Rio de Janeiro nesta segunda-feira para participar de um ato em defesa da democracia, a ser promovido a partir das 17 horas nos Arcos da Lapa, no centro do Rio.

O governador Pezão, de 61 anos, está com um linfoma não-Hodgkin, um tipo de câncer que ataca as células de defesa do organismo. Ele iniciou o tratamento e chegou a sair do hospital após a conclusão da primeira etapa, mas retornou na última terça-feira, 5, para tratar uma infecção cutânea perto do ombro, causada pelo cateter inserido para receber medicamentos quimioterápicos.