22°
Máx
17°
Min

Mais de 80% do PMDB apoiou prosseguimento de impeachment

O PMDB, partido do vice-presidente Michel Temer, deu 86% de seus votos à proposta de abertura do impeachment contra Dilma.

Houve votação 100% a favor do impeachment em nove bancadas partidárias: PSDB, DEM, SD, PRB, PSC, PV, PSL, PMB e PPS. No outro lado, todos os integrantes do PT, do PC do B e do PSOL votaram contra o impeachment. O PDT, que havia decidido apoiar Dilma, se dividiu: deixaram de seguir essa orientação 32% dos deputados do partido.

No PSB, que havia fechado questão a favor do impeachment, também houve divisões: três deputados acabaram votando contra (9% da bancada).

O PSD, integrante da base governista e detentor de ministério até a semana passada, destinou 78% de seus votos à proposta de interrupção do mandato de Dilma. Gilberto Kassab, que ocupava o Ministério das Cidades, pediu demissão quando a bancada do partido decidiu votar pelo impeachment.

O PR, cuja cúpula havia optado por apoiar Dilma, não entregou os votos prometidos na sessão deste domingo: 65% da bancada votou a favor da abertura de processo contra a presidente. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.