23°
Máx
12°
Min

Manifestação contra impeachment entra na reta final no Rio

A manifestação "Funk contra o Golpe", no Rio, entrou na reta final pouco antes das 13h, com a chegada dos manifestantes à orla do Leme, zona sul da cidade. A organização acertou com a PM que o protesto contra o impeachment de Dilma Rousseff acabaria nesse horário. Outro protesto, a favor do impeachment, está marcado para ocorrer às 15h em Copacabana, ponto de partida do ato da manhã.

Os organizadores informaram ao microfone de carro de som que o ato reuniu 50 mil pessoas. Procurada, a Polícia Militar informou que não faz estimativa de público.

Os participantes saíram de Copacabana por volta das 11h15. Ao longo do trajeto, do posto 3 ao 1 (cerca de 2 km), a manifestação transcorreu sem problemas. Houve apenas alguns momentos de hostilidade entre manifestantes e moradores da orla que exibiam faixas de apoio ao impeachment. Um hóspede do hotel Copacabana Palace foi a janela fazer sinais de negativo e foi vaiado.

Na chegada ao Leme, os manifestantes continuaram ocupando uma das pistas da Avenida Atlântica, apesar dos pedidos ao microfone. Viatura da polícia atuava para liberar o trânsito.

O protesto é organizado pela produtora de funk Furacão 2000 e pela Frente Brasil Popular, movimento que reúne partidos, sindicatos e movimentos sociais de esquerda.