22°
Máx
16°
Min

Manifestantes a favor do impeachment de Dilma começam concentração em Brasília

Vários grupos favoráveis ao impeachment da presidente Dilma Rousseff estão concentrados na Esplanada dos Ministérios em Brasília para reafirmar o pedido de afastamento da petista. Vestidos de verde e amarelo, eles também manifestam apoio à Operação Lava Jato, ao juiz Sergio Moro e ao combate à corrupção. Muitos carregam cartazes e faixas com frases de ordem. Uma delas é: "Presidente Temer, exigimos lealdade ao povo brasileiro. Lugar de corrupto é na cadeia. Estamos de olho".

Nesse momento, o número de manifestantes não é grande. Organizadores estimam, contudo, que, até o fim da manifestação às 13h, terão mobilizado pelo menos 10 mil pessoas. Há representantes dos movimentos Vem Pra Rua, Brasil Livre, Resistência Popular, Movimento Brasil de Alagoas, Limpa Brasil, Bloco pró-impeachment e Avança Brasil.

"A grande força da manifestação vai acontecer a partir do fim de agosto, quando começar o julgamento final do impeachment", diz Ricardo Noronha, representante do Limpa Brasil. "Hoje queremos mostrar que não cruzamos os braços e que continuamos lutando contra a corrupção e por resultados que já pedimos há dois anos", diz o porta-voz.

Noronha afirma que os movimentos não serão desmobilizados mesmo depois do eventual impeachment de Dilma Rousseff. Ele diz que todos ficarão atentos e irão supervisionar o governo de Michel Temer.

Por volta do meio-dia, os manifestantes vão concentrar-se em frente ao Congresso Nacional. Reunidos, irão reforçar quais são os seus objetivos, entre eles a detenção do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e também a continuidade da Operação Lava Jato.