23°
Máx
12°
Min

Manifestantes entram em confronto em frente ao edifício onde mora Lula

(Foto: Divulgação) - Manifestantes entram em confronto em frente ao edifício onde mora Lula
(Foto: Divulgação)

O clima de tensão que se instalou na frente da casa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, já fez a Polícia agir em vários momentos para interromper e evitar confrontos usando, inclusive, spray de pimenta. Por volta das 9h45, manifestantes pró e contra Lula entraram em confronto na porta do prédio. A polícia interveio e separou os grupos.

Desde o início da manhã desta sexta-feira, dia 4, apoiadores do ex-presidente estão na Avenida Francisco Prestes Maia para mostrar apoio a Lula, que hoje é alvo de operação da Lava Jato.

O acesso ao local está parcialmente bloqueado, mas a tensão aumenta cada vez que um morador ou transeunte que passa no local grita palavras de ordem contra Lula ou o PT.

"Vim apoiar o presidente porque há uma tentativa de impedir que ele seja presidente me 2018", disse Moisés Selerges, 50 anos, funcionário da Mercedes Benz e filiado ao Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo. Segundo ele, a mobilização dos apoiadores foi feita pelo sindicato, que telefonou para casa dos manifestantes.