22°
Máx
14°
Min

Manifestantes já estão concentrados em algumas capitais do País

Manifestações contra a presidente Dilma Rousseff no centro de Belém (Foto: Raimundo Paccó / FramePhoto/ Estadão Conteúdo) - Manifestantes já estão concentrados em algumas capitais do País
Manifestações contra a presidente Dilma Rousseff no centro de Belém (Foto: Raimundo Paccó / FramePhoto/ Estadão Conteúdo)

Por volta das 10 horas deste domingo, algumas capitais do País já reuniam nas ruas pessoas que pedem o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e o fim da corrupção. A previsão de integrantes dos movimentos que organizam os protestos, dentre eles o Movimento Brasil Livre (MBL), é que mais de 500 cidades tenham atos com essas bandeiras.

No Rio de Janeiro, sob tempo nublado e calor de 30ºC, os quatro carros de som contratados para a manifestação que pede o impeachment de Dilma já estavam posicionados na avenida Atlântica, em Copacabana (zona sul), na altura do Posto 5. Dezenas de pessoas passavam com camisetas amarelas (a maioria, da seleção de futebol), e há uma aglomeração de aproximadamente 150 pessoas.

Um grupo com o rosto pintado de verde e amarelo carregava faixas lançando o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) para presidente da República. Junto com esse grupo havia um jipe com um boneco vestido com roupas camufladas semelhantes às do Exército.

Cada carro de som tocava sua própria lista de músicas, não relacionadas ao protesto.Um balão amarelo indicava o primeiro carro de som. Ambulantes ofereciam bandeiras do Brasil de pano por R$ 15.

Na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, os quatro carros de som também já estavam posicionados. Os carros iriam percorrer a Esplanada até o Congresso Nacional. O efetivo da Polícia Militar estava mobilizado para acompanhar a manifestação.

Em São Luís do Maranhão, os manifestantes que pedem o impeachment da presidente estavam, na manhã deste domingo, concentrados na avenida litorânea. E em Belém, no Pará, e em Salvador, na Bahia, as manifestações também já estavam nas ruas.