24°
Máx
17°
Min

Manifestantes se agridem e um ferido é encaminhado ao hospital em São Bernardo

(Foto: Divulgação/Tatiana Santiago)  - Manifestantes se agridem e um ferido é encaminhado ao hospital em São Bernardo
(Foto: Divulgação/Tatiana Santiago)

Uma pancadaria teve início por volta das 9h45 desta sexta-feira, 4, em frente à casa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. O clima de tensão se acirrou quando manifestantes pró e contra Lula e o PT começaram a se agredir verbalmente, usando palavras e expressões racistas como "macaco", entre outras.

Nesse momento, as agressões passaram a ser físicas, com troca de chutes e socos entre os manifestantes.

A Polícia Militar presente ao local desde o início da manhã, tentou afastar os agressores. Porém, um deles acabou ferido e foi encaminhado num camburão ao pronto socorro do Hospital de São Bernardo do Campo.

Outras agressões já ocorreram no local, onde os manifestantes estão reunidos desde cerca das 6h da manhã, mas sem maiores consequências até o momento.

O clima de tensão continua e as pessoas seguem reunidas, no aguardo de informações do futuro paradeiro de Lula.